Meninas gostam de blogs e meninos preferem os vídeos, diz estudo!

Publicado: 12 de janeiro de 2008 em E-commerce
da Folha OnlineNa internet, meninas gostam de blogs e meninos preferem<br> os v�deos on-line, revela um estudo norte-americano

Mídia que conseguiu fazer a transposição do secular diário off-line, de papel, para a internet, os blogs atraem muito mais as meninas adolescentes do que os meninos. Já os garotos estão mais interessados em postar seus vídeos na internet. É o que mostra uma pesquisa norte-americana divulgada na quinta-feira (10).

De acordo com a Pew Internet & American Life Project, a criação on-line continua a crescer entre os adolescentes dos Estados Unidos: 64% das pessoas que têm entre 12 e 17 desenvolvem pelo menos um tipo de conteúdo pela internet. Em 2004, o mesmo instituto detectou que esse índice era de 57%.

Para o instituto de pesquisa, acabou-se criando um subgrupo de adolescentes, denominado “multi canais”, que representam 28% dos adolescentes pesquisados nessa faixa-etária nos Estados Unidos, é composta principalmente por garotas mais velhas.

Esses “teens” são usuários intensos de telefones, celulares, mensagens de texto, redes sociais, programas de mensagem instantânea (como o MSN) e e-mail.

Mas há diferenças consideráveis com relação ao tipo de conteúdo que meninos e meninas gostam de compartilhar. A Pew Internet detectou que elas gostam mais de blogs e fotologs, enquanto eles preferem usar vídeos.

Segundo a pesquisa, 35% das internautas adolescentes têm blog e 54% delas postam fotos na internet. Na análise dos garotos, esses índices são de 20% e 40%, respectivamente.

Enquanto isso, 19% deles afirmam que já postaram um vídeo em algum lugar em que todos possam ver –como no YouTube. Entre as meninas, apenas 10% afirmam já ter feito isso.

Tendência

A Pew Internet também detectou entre os norte-americanos algo que o Ibope/NetRatings já havia sinalizado entre os brasileiros: o pouco gosto dos internautas pelo e-mail. Segundo o instituto de pesquisa brasileiro, o tempo gasto no Orkut foi três vezes maior que o utilizado para o correio eletrônico no Brasil em 2007.

O correio eletrônico é também ignorado por grande parte dos internautas adolescentes norte-americanos. Apenas 14% deles dizem mandar e-mails para os amigos todos os dias, o que faz com que essa forma de comunicação on-line seja a menos utilizada, na comparação com redes sociais, MSN, SMS, entre outras.

“Apesar do poder que o e-mail tem entre os adultos como um modo importante de comunicação profissional e pessoal, não é uma parte particularmente importante do arsenal de comunicação que os adolescentes de hoje têm enquanto eles estão interagindo com os amigos”. afirma a Pew Internet.

Fora de casa

O estudo também contradiz as críticas dos que dizem que a internet está tirando os adolescentes do convívio social “real”, físico. De acordo com a Pew Internet, os adolescentes “multi canal” (que utilizam diversas formas de comunicação on-line) parecem ser ainda mais interessados em atividades off-line.

Entre toda a população adolescente norte-americana pesquisada, 31% afirmam ter algum tipo de atividade com os amigos todos os dias depois da escola. Entre os “multi canal”, esse índice é de 35%. Enquanto isso, 38% dos usuários de redes sociais afirmam se encontrarem com os colegas todos os dias.

Os comentários estão desativados.