Brasil tem 18,3 milhões de usuários domésticos de banda larga

Publicado: 28 de maio de 2008 em E-commerce

Número representa crescimento de 53% no período de um ano.
País tem 40 milhões de internautas; 22,4 milhões navegam em casa.

Fonte Portal G1

O número de brasileiros com acesso residencial à banda larga cresceu 53% no período de um ano, segundo estudo divulgado nesta quarta-feira (28) pelo Ibope//Netratings. Eles chegaram a 18,3 milhões em abril de 2008 — ou 82% dos usuários domésticos no país –, contra 11,9 milhões no mesmo período do ano passado.
O Ibope//Netratings usa a mesma definição da Anatel sobre o que é banda larga: conexões acima de 56 Kbps (kilobits por segundo).
No total, 22,4 milhões de brasileiros navegaram pela web de suas casas no mês passado, crescimento de 41,3% em relação a abril de 2007. Esse aumento (que considera usuários de acesso rápido e também discado) foi o maior entre os dez países monitorados pelo estudo. Considerando acesso residencial e doméstico, o Brasil tem cerca de 40 milhões de usuários de internet com mais de 16 anos.

Ainda de acordo com o Ibope//Netratings, a média de tempo de navegação do internauta residencial brasileiro foi de 22 horas e 47 minutos no mês de abril. No mês passado, a média de consumo de páginas on-line abertas por esse mesmo usuário foi de 1.868 — o valor também foi recorde em comparação com os outros países monitorados pela Nielsen//Netratings.

“O elevado consumo de páginas de internet no Brasil está diretamente relacionado à alta afinidade dos brasileiros com as redes sociais, que são os sites com maior média de páginas vistas por usuário”, disse o analista de mídia José Calazans, do Ibope//Netratings.

 Adolescentes

Segundo ele, o aumento na quantidade de páginas visitadas coincide com o maior crescimento da audiência desses sites de relacionamento, sobretudo entre os mais jovens. Em abril de 2005, época em que o Orkut ainda estava se popularizando no Brasil, um adolescente brasileiro abria em média 1.354 páginas. No mês passado, esse número chegou a 2.561 páginas, considerando apenas os usuários mais jovens.

“O maior crescimento do consumo de páginas vem ocorrendo entre as crianças de até 11 anos e entre os adulto de 25 a 49 anos, refletindo o aumento do interesse dos
internautas dessas faixas etárias pelos sites de comunidades”, disse o analista.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s