Orkut passa para as mãos do Google Brasil; empresa muda diretoria no país

Publicado: 8 de agosto de 2008 em E-commerce

O Google anunciou que vai transferir o controle do Orkut de sua equipe na Califórnia (EUA) para o Brasil. Com a medida, que começou a ser implantada em julho e deve levar dois meses até ser completada, o escritório da empresa em Belo Horizonte vai gerenciar o portal.

Em 2006, quando se intensificaram as ações judiciais contra o Orkut no Brasil, a empresa afirmava que não podia fornecer dados sobre criminosos porque os servidores do portal estavam localizados nos Estados Unidos e eram gerenciados pela Google Inc. O Google no Brasil dizia não ter essas informações.

Alexandre Hohagen, presidente do Google Brasil, foi promovido a diretor-executivo para a América Latina; substituto não foi definido.

De acordo com a empresa, a unidade brasileira mostrou que tem “maturidade suficiente para assumir essa responsabilidade”.

Os brasileiros ficarão responsáveis pelo desenvolvimento, estratégia e pelas melhorias no Orkut, mas vão dividir a parte de engenharia do site com os indianos –segundo país que mais usa a rede de relacionamentos.

“O Google tem essa estratégia de descentralizar a administração de alguns produtos. O [Google] Maps é administrado em parte na Austrália e na Alemanha”, afirma Félix Ximenes, diretor de comunicação da empresa no Brasil.

Conforme dados recentes do Ibope/NetRatings, o Orkut teve em maio 16,1 milhões de usuários únicos em ambiente residencial no Brasil. O país é o que tem mais pessoas cadastradas no portal (54%), seguida pela Índia (17%) e Estados Unidos (15%).

Promoção

Enquanto isso, o controle do Google no Brasil também vai mudar de mãos. O atual presidente da empresa no país, Alexandre Hohagen, foi promovido a diretor-executivo para a América Latina. Ele será responsável pelas operações na empresa em toda a região, em substituição a Daniel Alegre, que assume o cargo de vice-presidente na Ásia.

Apesar do novo cargo, Hohagen continua no Brasil. O Google está em fase final de seleção para um novo presidente no país e o resultado deve ser divulgado em breve.

Hohagen está no Google desde 2005, quando a empresa ainda montava a operação no país –o processo de seleção para o cargo envolveu 18 entrevistas. Ele tem passagens por Dow Chemical, Boehringer Ingelheim, ABN Amro, UOL e HBO Brasil.

Pressão

Neste ano, ele teve de comparecer duas vezes à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pedofilia no Senado, para explicar as denúncias de crimes no Orkut. Senadores ameaçavam fechar o portal no Brasil, caso a empresa não se comprometesse em combater esse tipo de prática.

Em julho, após cerca de dois anos de disputas judiciais, o MPF-SP (Ministério Público Federal em São Paulo) e o Google Brasil assinaram o TAC (termo de ajustamento de conduta) que visa o combate da pedofilia na internet. O acordo foi firmado durante uma sessão da CPI.

Após a assinatura do acordo, o Ministério Público se comprometeu a suspender as ações em curso contra o Google.

Fonte: Folha Online

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s