Site dá 90 segundos para internauta encontrar sua cara-metade

Publicado: 11 de agosto de 2008 em E-commerce

Serviços gratuitos levam à web o conceito de ‘speed dating’, para unir casais.
Em uma das páginas, conversa pode se estender a 3 minutos se houver interesse.

Francesca Salcido conseguiu participar de 300 encontros em 24 horas. Isso com a ajuda do site SpeedDate, que limita a 90 segundos o tempo para os usuários encontrarem suas caras-metades. “Podemos usar webcams e outras tecnologias, mas o que ainda queremos é encontrar aquela química. Se ela não existir, mudamos para próxima pessoa”, explica Dan Abelon, co-fundador da página de relacionamentos.

Assim como alguns de seus poucos concorrentes, o site aplica a tecnologia ao conceito de encontro rápido, chamado de speed dating. No mundo off-line, homens e mulheres que participam desses eventos conversam com potenciais parceiros durante um determinado período de tempo, até que um alarme toque e eles formem novas duplas.

“Uma pessoa geralmente leva 30 segundos para decidir que não gosta de outra”, afirmou Stephen Stokols, diretor-executivo do WooMe, também em inglês – a página diz que você pode conhecer cinco pessoas em cinco minutos. “Se você conhecer alguém de quem gosta, três minutos não são tempo suficiente. Se não gosta, 30 segundos é muito tempo.”

Ferramentas automatizadas dos gratuitos SpeedDate e do WooMe interrompem as conversas on-line depois de 90 segundos, no primeiro caso, e até três minutos, no segundo (os 60 segundos iniciais só serão prolongados para 180 segundos se houver interesse dos participantes). Aqueles que se interessarem pelo interlocutor podem se conectar novamente depois, para reiniciar a conversa.

Essa versão rápida para encontros difere bastante dos tradicionais sites usados por aqueles que querem encontrar um parceiro: essas páginas geralmente exigem o preenchimento de questionários extensos que especificam os gostos e interesses de cada usuário. Essas informações ajudam os participantes a decidirem se querem fazer contato on-line com determinada pessoa, para que possa conhecê-la pessoalmente no futuro.

 Vida real

Segundo Abelon, do SpeedDate, o serviço que seu site oferece é parecido com os encontros da vida real. “Se você vê alguém pessoalmente, não pede àquela pessoa para ver seu ‘currículo’ e o compara com o seu. Vocês simplesmente conversam.”

Francesca, usuária do site, disse que não teve medo de ser um pouco ridícula e se expor. “Minha mãe diz que, quanto maior o número de lugares onde você apresenta seu currículo, maiores as chances de encontrar um emprego. Acredito que seja o mesmo na vida amorosa.”

Quando o SpeedDate foi ao ar, há um ano, realizou 1 mil encontros em uma noite. Atualmente, esse número varia de 100 mil a 120 mil com pessoas de cerca de 200 países diferentes. Em uma contagem diferente, o WooMe diz que de 1 mil a 4 mil pessoas se conectam simultaneamente ao site.

Se os usuários não encontrarem suas caras-metades, podem fazer amigos com a ajuda desse site. Para mostrar que isso é possível, o WooMe financia a viagem de dois jovens — Ryan e John — que têm o objetivo de conhecer pessoalmente 1 mil pessoas dos Estados Unidos que conheceram nesse site. Segundo a página, que tem uma seção especial para divulgar as aventuras dos dois, eles se conheceram nessa página de relacionamento e tiveram a idéia de fazer a viagem por 15 cidades norte-americanas.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s