Inovar com tecnologia

Uma pesquisa realizada pela Unisys revela que não. Mais de 70% das empresas não investem em inovação.

A pesquisa, realizada com 1.200 organizações do mundo todo, mostra defasagem entre metas do negócio e tecnologia da informação (TI).  Essa diferença indica que os executivos não estão aproveitando ao máximo as iniciativas e investimentos em TI e precisam de novas abordagens para modernizar os processos, os aplicativos estratégicos e as infra-estruturas tecnológicas para enfrentar os principais desafios de negócios.

Objetivos de negócios mais importantes citados pelos entrevistados:

  1. Conquistar novos clientes;
  2. Estabelecer relacionamentos mais estreitos com clientes;
  3. Desenvolver novos produtos e serviços;
  4. Aumentar as vendas e receitas;
  5. Abrir novos mercados

As 10 características, citadas pelos mesmos entrevistados, que consideram fundamentais para chegar a esses objetivos de negócios, destacaram-se:

  1. Capacidade de apoiar inovação;
  2. Práticas de gestão de TI
  3. Comunicações (fluxo de informação dentro e entre organizações)
  4. Modelos de compra e de segurança de TI

Tecnologia e inovação são fatores chave para o sucesso de organizações. Seja através da utilização de ferramentas que tornam a comunicação entre empresas mais eficiente, B2B (e-business),  seja por ferramentas capazes de trazer informações importantes sobre o cliente (CRM) ou seja por comércio eletrônico capaz de agregar valor para os clientes (e-commerce).

As ferramentas existem não para substituir qualquer capacidade intelectual do ser humano, mas sim para abraçar partes operacionais e fazer com que a organização foque no que realmente irá gerar receita para o seu negócio.

Uma pesquisa inédita do Sebrae em São Paulo apontou que entre as micro e pequenas empresas que passaram por processos de inovação em seus negócios, no último ano, 52% tiveram crescimento no volume de produção, 46% aumentaram o faturamento, 39% registraram maior produtividade da mão-de-obra e 24% ampliaram seus quadros de pessoal. Esse resultado representa o dobro do verificado nas empresas que não inovaram.

Por fim, segue definição do conceito de “acesso à tecnologia” pelo Sebrae:

Deve ser entendido como a difusão de um conjunto organizado de conhecimentos científicos, empíricos ou intuitivos, empregados na produção e comercialização de bens e serviços, representando ganhos de competitividade e produtividade. Isto não se restringe a adoção de um novo processo, método ou produto”.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s