YouTube deve apostar no e-commerce

Publicado: 18 de outubro de 2008 em E-commerce

O Google e o YouTube planejam aumentar as receitas publicitárias com uma espécie de e-commerce. A informação foi divulgada em um texto de Eden Zoller, principal analista da Ovum, empresa atuante na convergência do setor de telecom e softwares.

Segundo ele, a idéia é lançar uma ferramenta que permita aos telespectadores americanos comprar música e jogos a partir de parceiros aparecem nos vídeos publicados no site. Esta é uma boa jogada para mostrar como o Google tem lutado para monetarizar o YouTube, apesar dos experimentos com uma série de modelos publicitários.

O YouTube é o principal operador de vídeo on-line e popularmente conhecido pelos conteúdos produzidos pelos usuários da rede social local com características melhoradas. Em agosto de 2008, o site tinha 330 milhões de visitantes, segundo a comScore.

O problema é que enquanto o YouTube continua a mostrar um forte crescimento no uso e usuários, o site luta para encontrar um modelo de negócios rentável para corresponder às expectativas. E este é um grande problema quando você considera que o Google gastou US $ 1,65 bilhão para comprar o YouTube em 2006 e tem investido nele desde então. O Google não fornece dinheiro para YouTube, mas a contribuição financeira do site para o Google é mínima.

Redação Adnews, tradução de texto da OVUM

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s