Internautas usam vídeo-currículo como diferencial na busca de emprego

Publicado: 28 de outubro de 2008 em E-commerce

Apesar de ainda ser pouco conhecido, o vídeo-currículo vem ganhando adeptos entre os que querem mostrar logo no primeiro contato uma forma diferente de se expressar. Especialistas em recursos humanos afirmam que a ferramenta é uma forma interessante de apresentação, principalmente para vagas em empresas que valorizam a inovação e a tecnologia.

“Sem dúvida, é um diferencial”, afirma a especialista em recursos humanos e professora do curso de Administração da Universidade Ibirapuera, Teresinha Covas Lisboa.

A gerente de conteúdo do site Canal RH, Marisa Torres, diz que páginas na internet voltadas para a apresentação de vídeos, como o YouTube, impulsionaram a utilização do vídeo-currículo como uma ferramenta de contratação.

A empresa de Torres fornece desde maio do ano passado a possibilidade das informações profissionais em vídeo. Atualmente, 2.162 currículos estão cadastrados no site, sendo que apenas 22 são em formato de vídeo.

“[O vídeo-currículo] ainda é muito novo e ainda tem uma resistência natural, pois o vídeo é mais conhecido como entretenimento”, explica. Para ela, a vantagem do vídeo-currículo é que o selecionador já tem uma primeira impressão da pessoa sem precisar marcar uma entrevista.

Simples

As apresentações não precisam contar com grandes produções e podem ser feitas em câmeras de vídeos, fotográficas ou até por celulares. “O modelo é caseiro. O selecionador vai entender que não é uma coisa profissional.”

Ela não recomenda que sejam enviados arquivos de vídeos muito pesados por e-mail para não travar a caixa de mensagem do selecionador. Uma alternativa é hospedar o vídeo em algum site, como o YouTube, e enviar o link no próprio currículo convencional.

No Youtube existem vários vídeo-currículos cadastrados, como o do jornalista gaúcho Carlos Rodrigo Nascimento.

Na hora de gravar o vídeo, a professora recomenda ao candidato o mesmo caminho traçado em um currículo comum: ser objetivo, destacando os últimos empregos e as especializações, sempre considerando o cargo para o qual pretende concorrer.

“Demonstrar as habilidades e competências para a função almejada, sem excessos, é sempre uma boa tratativa. Evite usar muitos adjetivos, a prolixidade e cuidado com a falta de informações sobre os cargos anteriormente ocupados. Isso pode denotar que você quer ocultar algum aspecto”, explica.

Fonte: Folha Online

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s