E-commerce

Publicado: 24 de novembro de 2008 em E-commerce

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

Todas as informações contidas nessa páginas são de origem e créditos dos sites:

 www.e-commerce.org.br e www.ebit.com.br

Download de Pesquisa :: E-commerce 2007

Existem milhares de oportunidades de negócios na Internet,  mas é muito arriscado escolher aleatoriamente um segmento e montar um negócio. 
Para escolher apenas uma entre as  boas oportunidades de negócios é preciso adotar critérios sólidos de avaliação. É necessário, também, fazer um bom planejamento antes de montar o negócio. 
Extraído do ebook: “Oportunidades de Negócios na Internet“ 

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS QUE TENHAM A VER COM VOCÊ

Para os analistas de novos negócios, mais importante do que um bom projeto de e-commerce, é o perfil e o grau de comprometimento do empreendedor com o seu negócio. E comprometimento só é possível, se você gostar do que faz. É por esse motivo que, antes de montar um negócio, a primeira coisa a ser pensada em relação às inúmeras oportunidades de negócios que se apresentam na Internet é: qual dessas oportunidades realmente lhe são atrativas e lhe darão satisfação em dedicar muitas e muitas horas de trabalho? Só assim você poderá utilizar todo o seu potencial para montar um negócio vencedor na Internet.

Além disso você precisa de…

OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS QUE SEJAM COMERCIALMENTE VIÁVEIS

Se a idéia for um hobby para sua diversão, você não precisa se preocupar com isso. Porém, se você quer montar um negócio de e-commerce bem sucedido e que lhe dê um retorno financeiro aceitável, é preciso analisar criteriosamente cada uma das oportunidades de negócios que se apresentam. Existem na Internet, negócios que podem ser muito lucrativos e mudar a sua vida; existem negócios que podem oferecer alguma margem de retorno financeiro e podem ser excelentes complementos à sua atividade principal; e existem, também, negócios cujas características inviabilizam um modelo lucrativo e deverão ser encarados mais como um hobby. Por esse motivo é fundamental a pesquisa e análise do segmento antes de iniciar o seu projeto de e-commerce.

A IMPORTÂNCIA DO PLANEJAMENTO NA BUSCA POR OPORTUNIDADES DE NEGÓCIOS

No Brasil, segundo dados do Sebrae, mais da metade das empresas fecham as portas até o terceiro ano de vida. Um dos principais motivos é a ausência de planejamento. Projetos de e-commerce não fogem a regra. Excelentes oportunidades de negócios são desperdiçadas por falta de um trabalho prévio de pesquisa, levantamento de dados de mercado, conhecimento do produto a ser oferecido  e elaboração de um plano de negócios. 
Veja, a seguir, algumas dicas e locais onde buscar o conhecimento, que vai ajudá-lo a transformar as oportunidades de negócios que o Internet
oferece em um negócio de sucesso.

QUESTÕES RELEVANTES SOBRE OS MODELOS DE NEGÓCIOS


As vezes, negócios num mesmo segmento, mas com modelagens diferentes podem apresentar resultados distintos. Veja em  MODELOS DE NEGÓCIOS NA WEB  os diferentes modelos de negócios que podem ser montados na Internet.
QUESTÕES RELEVANTES SOBRE O PRODUTO
Na seção de estatísticas, você vai encontrar uma relação atualizada dos produtos mais vendidos através do e-commerce na Internet Brasileira. É a primeira pista sobre que tipo de produtos tem mais chances na rede e as características intrínsecas que tornaram esses produtos bem sucedidos no novo canal. Obviamente, isso não significa que os produtos que não estão listados não são viáveis, lembre-se que a idéia é encontrar nichos de
mercado.
COMO ENCONTRAR UM NICHO DE MERCADO VIÁVEL ? 
O desafio aqui é selecionar entre as milhares de oportunidades de negócios que estão na Internet, aquelas que efetivamente atendem aos seus interesses pessoais e também ofereçam boas perspectivas de sucesso. O site ABCcommerce disponibiliza uma ampla pesquisa e seleção de diversas oportunidades de negócios naInternet. São 50 idéias de negócios para você escolher com as informações mais relevantes sobre o negócio e mercado, tais como: modelo de negócio, quantidade e perfil da concorrência, principais competidores, análise do mercado, viabilidade do produto para venda por
meio do e-commerce, sugestões de links e literatura sobre o segmento, entre outras informações estratégicas.

LOJAS VIRTUAIS
 

O que são Lojas Virtuais. O surgimento das lojas virtuais. Planejamento e implantação de lojas virtuais. Como se realiza a venda pela Internet

Baseado no e-book: “lojas virtuais: Como vender na Internet” 

A venda pela Internet e as lojas virtuais surgiram em meados dos anos 90, pouco tempo depois do surgimento da Web, e são a face visível de uma
verdadeira revolução no comércio. Nas lojas virtuais não há necessidade da presença física nem do comprador, nem do vendedor; lojas virtuais não necessitam  do manuseio de papel moeda e, tampouco,  necessitam da mercadoria no momento da transação. Nas lojas virtuais, a relação ocorre entre um comprador  e um computador localizado em qualquer lugar do planeta,  que é programado para realizar processos de compra.

LOJAS VIRTUAIS – CONCEITOS

Muito embora toda loja virtual seja um website, nem todo site é uma loja virtual, ou seja, nem todo site vende produtos ou serviços on-line. Existem inúmeras outras funções desempenhadas pelos sites além da venda direta, tais como divulgação institucional, compras, relações com fornecedores, treinamento de funcionários, e diversas outras. Esses sites não são considerados lojas virtuais, tendo em vista que lojas virtuais são sites de e-commerce, onde o cliente visualiza e escolhe seu produto, coloca no carrinho de compras e passa no caixa para realizar o pagamento, num  processo totalmente on-line.

A IMPORTÂNCIA DAS LOJAS VIRTUAIS 

A lojas virtuais desempenham um papel estratégico para qualquer negócio na Internet. É nas lojas virtuais que o visitante será apresentado aos produtos e, quiçá,  vai se sentir motivado para realizar a compra. Partindo-se da premissa que os produtos  são de interesse do visitante e estão sendo oferecidos a um preço justo, a decisão de compra vai depender da qualidade da loja virtual em transmitir informações precisas ao comprador; além da  confiabilidade, segurança e facilidade de navegação encontrada.

O planejamento das  Lojas Virtuais

A ESTRUTURA DAS LOJAS VIRTUAIS

A rigor,  lojas virtuais são uma série de sistemas que vão interagir com o usuário; de tal forma que ele possa realizar ações que, preferencialmente, culminem com uma compra. Esses sistemas podem ser adquiridos de terceiros ou desenvolvidos internamente, mas é fundamental que funcionem a contento, dando respostas ágeis e eficientes aos usuários 365 dias por ano, 24 horas por dia. Você pode estar em um barco no Caribe comemorando o reveillon, mas suas lojas virtuais deverão estar no ar atendendo seus clientes.

A HOSPEDAGEM DAS  LOJAS VIRTUAIS

O correto funcionamento das lojas virtuais, 24 hs por dia, 360 dias por ano depende primordialmente de um bom provedor de serviços de hospedagem. Não vale a pena economizar aqui. Mesmo porque, o custo desse tipo de serviço está bem acessível no Brasil, graças a grande concorrência de fornecedores de infra-estrutura.  

LOJAS VIRTUAIS E SEGURANÇA NAS TRANSAÇÕES

  No mundo de cimento, costuma-se dizer que nada é 100% seguro, tanto assim que nas lojas tradicionais existe uma margem de perdas considerada aceitável pelos comerciantes. Na Internet esse princípio também é válido mas é importante se precaver para minimizar o risco. Os problemas que
ocorrem com mais freqüência no caso das lojas virtuais são a Clonagem da loja, Invasão de sistemas e acesso a informações sigilosas.
Problemas que são evitados com a certificação do site, encriptação das informações e outras medidas de segurança já acessíveis ao empreendedor na Internet.   

PARCEIROS FINANCEIROS E MEIOS DE PAGAMENTO

 As Lojas Virtuais devem disponibilizar aos seus clientes diversas opções de pagamento. Tradicionalmente, o boleto bancário e o cartão de crédito são os dois meios mais disponibilizados pelos lojistas. Na venda pela Internet, assim como no comércio tradicional, quanto mais opções de pagamento houver, melhor para os clientes, porém, existem considerações relacionadas a custos durante a montagem dos sistemas de pagamento e a escolha do banco e operadora de cartões que devem ser consideradas pelo lojista.

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s