Entrega cresce até 60% com venda de itens pela Internet

Publicado: 16 de dezembro de 2008 em Comércio Eletrônico (E-commerce)
Tags:, , ,

SÃO PAULO – O aquecimento do comércio eletrônico (e-commerce) vai garantir bom desempenho às empresas de entrega expressa neste final de ano. Corporações privadas vêem um incremento ainda maior, como a DirectLog, segunda no ranking de logística de e-commerce, que calcula crescimento de 60% este mês, em relação a dezembro do ano passado, e a JadLog, ao afirmar movimento 130% maior período. Já a estatal Correios, líder no setor com 45% do market share – no ano passado eram 50% -, deve garantir 30% de avanço em cima de dezembro de 2007. A tendência de queda, em outro segmento, o de entregas expressas, foi apontada pelo DCI, quando o presidente da DHL Express, Joakim Thrane, comentou estar de olho no mercado interno, hoje dominado pelos Correios.

“O consumidor teve um processo de decisão mais cauteloso, havendo em novembro uma desaceleração. Mas em dezembro, o bolo voltou a crescer mais”, comentou Ricardo Fogos, gerente de Pequenas Encomendas dos Correios, ao analisar possíveis impactos da crise econômica internacional. Fogos colocou ainda que os pedidos relativos à entrega de produtos comprados via Internet tiveram início no dia 15 de novembro. O executivo não crê na queda do volume no período, apenas disse que pode haver uma queda no valor do tíquete médio. Os negócios em todo o setor estão focados na entrega de eletrônicos, celulares, DVDs e livros.

Até o final de dezembro, os Correios devem movimentar 1,1 milhão de e-Sedex, sendo 1,6 milhões de encomendas do e-commerce. Já no acumulado do ano, serão mais de 13 milhoes de encomendas, valor 40% acima do do ano passado.

Em relação à queda do market share da estatal, dentro do segmento de e-commerce, o executivo a atribuiu ao surgimento de players interessantes no mercado. Ele crê que os Correios perdem mais nas regiões maiores, mas ganham a partir do momento que chegam às áreas mais remotas do País. Outra característica do negócio é que, dentro do portfólio de serviços da empresa, esse tipo logística cresce sua participação a cada ano: pulou de 5% para 6% em 2008. “Esse canal cresce a taxas de 40%, enquanto a média geral de volumes é de 8%”, como disse.

Além disso, Fogos inclui a entrada de redes varejistas na venda por Internet, como o Wal-Mart e a Casas Bahia, como um impulso extra ao setor. Os Correios atendem no e-commerce Ponto Frio, Compra Fácil, Magazine Luiza e B2W ( Submarino, Americanas, além do Shop Time).

Avanço

A vice-líder do mercado e maior empresa privada do segmento, com 30% do share, tem sua base de negócios concentrada no comércio eletrônico. Com isso, a Direct Express (DirectLog) crê em 60% de crescimento neste mês, em relação ao ano passado – em novembro o índice foi de 45%.

De acordo com Tiago Faus, gerente operacional da Direct, o ano veio muito forte, mas em novembro houve leve queda no volume. “Depois do dia 20, as entregas voltaram a acelerar”, contou.

Faus contabilizou que a empresa deve fechar dezembro com 600 mil entregas, contra as 450 mil registradas em novembro.

Na Direct, cerca de 50% das entregas estão no eixo São Paulo-Rio, atendendo a empresas como B2W (Submarino, Americanas e ShopTime), Livraria Saraiva e Siciliano, além de Embratel e Natura. A empresa conta com uma frota de 265 veículos próprios e 700 terceirizados. Ao todo, são 11 as filiais próprias e 65 unidades credenciadas de entrega.

Franquias

A JadLog quer passar das atuais 330 franquias à casa das 450 em 2009, e tem aproximadamente 30% dos negócios concentrados nas entregas de e-commerce. “Esse numero de entregas no varejo eletrônico é mais que o dobro do ano passado”, confirmou Ronan Hudson, diretor-geral da JadLog. Ele contou que para este mês estão previstas 250 mil entregas – avanço de 130% -. A empresa registrou 120% de incremento ao longo do ano, comparado a 2007.

Em relação ao avanço do número de franquias, Hudson revelou ter absorvido 70 da VarigLog, e pretende ainda saltar a frota aérea de 26 para 28 aviões em 2009, onde começou a operar uma nova rota noturna para Porto Alegre. Hoje, a JadLog conta com frota de 240 caminhões e 800 utilitários por todo o território nacional.

Fonte: DCI.com.br

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s