A Crise não é mais desculpa para não crescer!

Publicado: 28 de maio de 2009 em Comércio Eletrônico (E-commerce), Como montar loja virtual, Comunidades Virtuais, E-commerce, e-commerce

Para quem ainda sofre com o limite de verba na área de Comunicação, o E-mail Marketing tem se mostrado uma das melhores e mais rentáveis soluções em tempos de crise. O baixo custo, alto índice de penetração, mensuração precisa de resultados e o consequente aumento nas vendas, são os principais motivos para sua utilização.

Desde que a crise econômica mundial se instalou no mercado brasileiro, acompanhamos a correria das empresas em buscar aumentar as suas receitas ao mesmo tempo em que precisam reduzir os seus custos de produção, operação e, principalmente, de comunicação.

Num primeiro momento, acredita-se ser uma missão impossível, porém, com um bom planejamento de Marketing Estratégico, e as ferramentas certas, a tarefa se torna viável e até simples.

Simples porque, a primeira linha de corte na grande maioria das empresas foi justamente a de comunicação, uma vez que a ordem é a de sobrevivência, e quem manteve ou aumentou a sua verba comunicação, ganhou espaço para se destacar frente aos concorrentes. E viável porque, em tempos de crise, as negociações se tornam muito mais flexíveis, possibilitando a aquisição ou utilização de sistemas e serviços de alto nível, por preços muito atraentes.

Hoje é possível manter uma boa comunicação com os clientes com um investimento abaixo dos R$ 100,00 mensais, através de ferramentas de E-mail Marketing.
Com investimentos maiores em ações com planejamento estratégico, segmentação de bases de dados e a gestão dos e-mails, os resultados podem ser espetaculares, e normalmente pagam de longe o investimento.

Segundo pesquisa Ibope, hoje somos mais de 62 milhões de pessoas com acesso à Internet no Brasil, e o e-mail se tornou uma identidade virtual necessária para a utilização e acesso à quase tudo que está on-line. Dessa forma, podemos considerar os mesmos 62 milhões de pessoas e empresas como alvos para a comunicação e vendas via e-mail.

E-mail Marketing vs. Spam
Antes de mais nada, é muito importante que se entenda a diferença entre Spam, o e-mail enviado em massa para pessoas com as quais não se tem nenhum tipo de relacionamento, e E-mail Marketing, cujo contexto é justamente o de comunicação com clientes e pessoas interessadas em seu produto. Desse ponto de vista, o E-mail Marketing chega a ser considerado uma ferramenta de utilidade pública, uma vez que leva informações pertinentes ao público alvo.

Relacionamento
Num planejamento de E-mail Marketing como ferramenta de relacionamento, o principal objetivo é manter e aumentar o “Share of Mind”, ou a lembrança do consumidor sobre a sua marca, para que ele volte à sua loja quando precisar dos seus serviços e produtos. As empresas que buscam garantir a presença de sua marca no cliente, com baixo investimento, têm no E-mail Marketing o seu maior aliado. Seja numa mensagem de boas vindas, confirmação de compra, feliz aniversário, feliz natal e datas comemorativas em geral, a marca está sempre sendo vista e relembrada.

Um bom programa de Relacionamento via E-mail Marketing, pode também gerar vendas e, por si só, pagar o investimento na ferramenta e no desenvolvimento da estratégia de comunicação.
Pense, por exemplo, na possibilidade de lançar uma simples promoção no mês do aniversário dos seus clientes. Quem não quer benefícios???

Vendas
Campanhas de vendas através do E-mail Marketing, normalmente têm custos irrisórios frente aos resultados obtidos. Com o produto certo e o planejamento correto no tratamento direto com o seu cliente ativo, pode-se atingir facilmente os 30% de conversão ou até mais, contrariando as estatísticas do mercado de mailing aleatório, que fala em conversões de 0,5%.
Manter o seu cliente informado sobre as novidades, e gerar meios de levá-lo a comprar mais dos seus produtos é a principal tarefa do planejamento de vendas através desse meio.

Através do E-mail Marketing é possível entregar a promoção certa para o cliente que realmente deseja recebê-la, ou até mesmo que aguarda por tais ofertas.
– Como?
– Através do processo de vendas baseado em Inteligência Analítica, sobre a base de dados de clientes e do histórico de vendas, também conhecido como Segmentação de Base, um dos braços do Database Marketing (DBM).

Segmentação de Bases de Clientes
Pense na possibilidade de enviar para cada cliente, somente informações sobre os produtos pelos quais têm interesse, e no momento certo de sua necessidade.
Não é à toa que se diz que o E-mail Marketing é uma das poucas ferramentas que consegue unir os principais pontos que determinam a venda de um produto: O Cliente certo, com o Produto certo, no Momento Certo.

Estudando as características e informações de cada cliente, e o seu comportamento de consumo, é possível determinar, por exemplo, quando é a melhor época para vender quais tipos de produtos para cada tipo de cliente, e com isso garantir uma conversão muitas vezes acima do esperado.

Com tudo isso, não é de se estranhar que empresas de todos os tamanhos têm investido boa parte de sua verba de comunicação em E-mail Marketing.
O custo é muito baixo, e os resultados são líquidos e certos.

E você!? Já está se preparando para as boas vendas, mesmo em tempos de crise?
Não espere para começar. Saia na frente dos seus concorrentes e faça a diferença, utilizando o E-mail Marketing como aliado… seu cliente agradece.

Autor: Stivy Malty Soares
Fonte: DeepMind

Deixe uma resposta

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s